Funções e Competências

A Fundação Pró-Sangue é uma Instituição pública ligada à Secretaria de Estado da Saúde e ao Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, instituída pela Lei Estadual nº 3.415, de 22 de julho de 1982, com as alterações dadas pela Lei nº 4.186, de 27 de julho de 1984, Lei nº 4.831 de 19 de novembro de 1985 e Lei nº 6.880 de 06 de junho de 1990, tendo seus Estatutos aprovados pelo Decreto nº 41.628, de 10 de março de 1997, e demais alterações.

Voltada às áreas de medicina transfusional e terapia celular, desde 1998, a Fundação Pró-Sangue aderiu à gestão por processos como ferramenta de melhoria contínua das atividades, na busca de agregar valor aos produtos e serviços, focando em operações que contribuem de forma eficiente para a satisfação de seus clientes. A referência para a gestão por processos na Pró-Sangue é a Norma ABNT NBR ISO 9001:2015*, que estabelece os requisitos para o Sistema de Gestão da Qualidade, trazendo sinergia entre a Política de Gestão da Qualidade e o Planejamento Estratégico. Na versão de 2015 da referida norma, estabeleceu-se como ferramenta de implementação de processos estratégicos a gestão de riscos para o âmbito estratégico, tático e operacional.

* Certificação do Sistema de Gestão da Qualidade na Norma NBR ISO 9001:2015, pela Fundação Carlos Alberto Vanzolini, para o seguinte escopo - Banco de Sangue: Processos que englobam todos os procedimentos técnicos referentes às etapas de seleção, registro e qualificação dos doadores de sangue (triagem clínica), coleta de sangue (sangue total e aférese) e processamento, armazenamento, transporte e distribuição dos hemocomponentes, qualificação do sangue (sorologia e imunohematologia), procedimentos pré-transfusionais, controle de qualidade de todos os processos e imunohematologia avançada e processos de apoio (suprimentos, almoxarifado, manutenção e instalação, informática e recursos humanos).

A Fundação Pró-Sangue é um Hemocentro de atuação estadual, contando com 06 (seis) postos fixos de coleta para doação de sangue na Região Metropolitana de São Paulo, assim localizados: no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo – HCFMUSP; no Complexo Hospitalar do Mandaqui; no Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia; no Hospital Regional de Osasco; no Hospital Municipal de Barueri e no Hospital Stella Maris, em Guarulhos/SP.

As coletas realizadas pela instituição são voltadas para o suporte hemoterápico aos hospitais do SUS, abastecendo cerca de 80 (oitenta) serviços da Região Metropolitana de São Paulo. A Instituição é responsável por 08 (oito) agências transfusionais (AT) localizadas no Complexo Hospitalar das Clínicas e em outros hospitais da rede pública estadual.