Etapas da Doação

O gesto da doação envolve também um processo lógico e bem estruturado com a finalidade de oferecer segurança e comodidade ao doador.

Siga abaixo virtualmente os passos da doação:

  • Cadastro

    O candidato à doação informa seus dados e recebe um código que o acompanha durante todo o processo da doação.

    O atendente confere com o doador se estão corretos os dados, como endereço, telefone, e-mail e CEP.

  • Teste de Anemia

    Esse exame é feito para verificar se o candidato à doação possui nível de hemoglobina "dentro dos parâmetros de normalidade". Caso esteja abaixo ou acima dos valores normais, o candidato é orientado a procurar o serviço de saúde. Pessoas com anemia não podem doar.

  • Sinais Vitais e peso

    São verificados o batimento cardíaco, pressão arterial, peso e temperatura do candidato.

  • Triagem Clínica

    O candidato responde a uma entrevista confidencial, com o objetivo de avaliar se a doação pode trazer riscos para ele ou para o receptor. É fundamental responder corretamente e honestamente às perguntas.

  • Voto de autoexclusão

    O doador faz uma opção confidencial respondendo SIM ou NÃO à seguinte pergunta: "Você apresenta situação de risco para doenças sexualmente transmissííveis"? Independentemente da resposta, o sangue será coletado, e todos os testes serão realizados. Porém, se a resposta for SIM, independentemente do resultado desses exames, a bolsa será descartada.

  • Coleta

    É passada uma solução antisséptica no local onde será feita a punção. A coleta de sangue é totalmente segura, sendo utilizada uma agulha estéril, de uso único e descartável, para coletar cerca de 450ml de sangue e amostras para a realização de exames obrigatórios por lei.

  • Lanche

    Após a doação, o doador recebe um lanche e um suco, que deverão ser consumidos na Cantina do posto de coleta.

    Algumas orientações pós-doação:

    • - manter o curativo no local por pelo menos 4 horas;
    • - não ingerir bebidas alcoólicas;
    • - evitar esforço físico; e
    • - beber bastante líquido.
  • O caminho da bolsa até a transfusão

    O sangue doado é testado para hepatite B e C, HIV, HTLV I e II, Chagas e sífilis. Se um destes testes apresentar resultado alterado, o sangue doado não será utilizado para transfusão e o doador será convocado a retornar à Fundação Pró-Sangue para repetição dos exames.

    Caso ocorra inadequação das amostras, o doador também será convocado a repetir os exames.

Última atualização: 21/02/2017 08:30

  • O+

  • A+

  • AB+

  • B+

  • O-

  • A-

  • AB-

  • B-

Legenda:

Estável

Alerta

Crítico

Desde sua criação,
a Pró-Sangue já coletou

0 0 4
6 1 7
9 8 0

bolsas de sangue