imprimir

Institucional

A Fundação Pró-Sangue (FPS) é uma instituição pública ligada à Secretaria de Estado da Saúde e ao Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, mantendo com a última estreito laço de cooperação acadêmica e técnico-científica. Como instituição voltada às áreas de medicina transfusional e terapia celular, é considerada referência para a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), Organização Mundial da Saúde (OMS) e para o Ministério da Saúde.

Criada em 1984, a FPS tem como principal missão fornecer sangue, hemocomponentes e serviços hemoterápicos concordantes com a legislação vigente e com os padrões internacionais de qualidade. Sua sede se localiza no 1º andar do Prédio dos Ambulatórios do Hospital das Clínicas, à avenida Dr. Enéas Carvalho de Aguiar, 155. Possui seis postos fixos para doação de sangue: no Hospital das Clínicas, no Hospital do Mandaqui, no Hospital Dante Pazzanese, no Hospital Regional de Osasco, no Hospital Municipal de Barueri e no Hospital Geral de Pedreira.

Mensalmente, a FPS coleta e processa cerca de 12.000 bolsas de sangue destinadas ao atendimento de cerca de 100 instituições públicas da rede estadual de saúde, entre elas o Hospital das Clínicas, o Instituto do Coração, o Instituto do Câncer de São Paulo, o Hospital Dante Pazzanese. O volume de sangue coletado pela FPS equivale a aproximadamente 32% do sangue consumido em toda a Região Metropolitana de São Paulo. Essa tarefa representa um grande desafio diário, uma vez que o sangue é fruto de doação voluntária e, em nosso país ainda não há uma cultura da doação rotineira de sangue.

Todos os processos e procedimentos da FPS estão certificados pela ISO 9001/2008 e acreditados pela Associação Americana de Bancos de Sangue (AABB); e estão embasados nos pilares: segurança, qualidade e reprodutibilidade. Os procedimentos e seus agentes apresentam total rastreabilidade graças a um sistema informatizado desenvolvido pela própria FPS que engloba todo o ciclo do sangue.

A totalidade das bolsas de sangue doadas na FPS é processada (também denominado fracionada) em hemocomponentes ou componentes sanguíneos. São eles: concentrado de hemácias (ou glóbulos vermelhos), concentrado de plaquetas, plasma e crioprecipitado. Após serem produzidos, os hemocomponentes ficarão armazenados em local e temperatura específicos e controlados para manter sua máxima funcionalidade e eficácia, até sua utilização. Entretanto, antes da liberação para uso, permanecerão em quarentena aguardando a realização de exames obrigatórios pela legislação vigente destinados fundamentalmente à detecção de doenças infecciosas transmitidas pela transfusão. Os testes atualmente obrigatórios por lei são: testes sorológicos para doença de Chagas, sífilis, HIV, hepatites B e C e HTLV-I e II, e teste NAT (em inglês, Teste de Ácido Nucleico) para hepatites B e C e HIV. Somente após confirmação de resultados negativos em todos esses testes, as bolsas são liberadas para uso nas instituições de saúde abastecidas pela Fundação Pró-Sangue.

A FPS também realiza coleta automatizada de sangue utilizando equipamentos específicos. Este tipo de doação é chamada de aférese (do grego = separação). Através da aférese é possível a coleta seletiva de um ou mais de seus componentes sanguíneos. A FPS realiza mensalmente cerca de 400 procedimentos de aférese para coleta de componentes sanguíneos.

A FPS tem compromisso estreito com a formação de profissionais e a disseminação de seus conhecimentos. Apresenta um programa educacional permanente que inclui o treinamento e desenvolvimento de profissionais médicos, enfermeiros, biologistas e técnicos de laboratório, pertencentes ao quadro de colaboradores da Instituição ou profissionais externos para atuarem na área de banco de sangue.

O desenvolvimento de pesquisa em medicina transfusional e em terapia celular também tem sido motivo de constante e permanente investimento profissional e intelectual da Instituição. Atualmente contamos com um corpo de pesquisadores que inclui vários doutores e mestres, os quais estão em permanente atualização científica e desenvolvimento de projetos de pesquisa que trazem importantes respostas à comunidade acadêmica no que se refere à medicina transfusional.

Concluindo, a Fundação Pró-Sangue é uma Instituição de saúde, responsável pelo abastecimento de sangue de grande parte dos hospitais públicos da grande região de São Paulo, comprometida com a qualidade, com a satisfação de seu corpo de colaboradores e da sociedade civil, a serviço do Governo do Estado de São Paulo.

 

Última atualização: 20/04/2017 09:53

  • O+

  • A+

  • AB+

  • B+

  • O-

  • A-

  • AB-

  • B-

Legenda:

Estável

Alerta

Crítico

Desde sua criação,
a Pró-Sangue já coletou

0 0 4
6 3 3
0 6 6

bolsas de sangue